Tecnologia do Blogger.

terça-feira, 29 de setembro de 2020

Pera-do-cerrado: benefícios e uso culinário

(Por Arnaldo Silva) Conhecida ainda por Cabacinha-do-campo, pera-do-campo, perinha-do-campo e pelos índios por Cabamixá-açú, que na tradução tupi-guarani, significa “erva que dá fruto que aperta a língua”. Seu nome científico é Eugenia klotzschiana, a Pera-do-cerrado, é uma das mais saborosas e nutritivas frutas do segundo maior bioma do Brasil, o Cerrado. Em Minas Gerais, Cerrado está presente em 57% do território mineiro. A fruta é encontrada com facilidade nas matas de Cerrado de Minas Gerais, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. (foto abaixo da Nilza Leonel em Vargem Bonita MG)
          A espécie é um pequeno arbusto que mede entre 1,5 a 2,5 metros, com tronco ereto e poucos galhos. Suas folhas são alongadas e aveludadas, podendo chegar até 13 centímetros. Na sua formação, as folhas são perfumadas e coloração branca e quando já formada, entre outubro e novembro, a coloração é verde escura. A frutificação é entre dezembro e janeiro.
          No Cerrado, temos frutas saborosas e nutritivas, mas são pouco aproveitadas. A pera mais conhecida e consumida no Brasil é a pera de origem asiática e europeia, comprada em mercados e feiras. Em nosso país, em especial, em Minas Gerais, temos uma pera de igual valor nutricional e muito saborosa, embora a textura e o sabor, seja um pouco diferente da pera europeia, que é mais adocicada, com polpa branca e suculenta e a casca em tom amarelo claro.
          A nossa pera tem a casca bem fina e sua cor é verde-amarela, polpa doce, levemente azedinha, macia e bem suculenta. A fruta mede cerca de 8 centímetros e pesa entre 60 gramas e 90 gramas. É rica em minerais, vitaminas e antioxidantes, proporcionando vários benefícios para a saúde. (foto abaixo da Nilza Leonel em Vargem Bonita MG)
          Os constantes desmatamentos e loteamentos urbanos, vem reduzindo a presença da pera-do-cerrado em nosso meio, por isso a importância de utilizar a planta na recuperação das matas nativas, bem como no plantio em áreas urbanas, como quintais, calçadas e praças. Na sua frutificação, em dezembro e janeiro, o ideal seria colher as sementes e plantá-las de imediato, ao invés da prática comum da maioria, de jogar as sementes das frutas no lixo, após comer a polpa. Quem não quiser plantar, ao invés de jogar as sementes no lixo, jogue-as nas matas, que uma boa parte irá germinar. Fazendo isso, preservamos a espécie e ampliaremos as opções de alimentação dos animais, bem como a humana, já que é uma fruta com grandes benefícios à saúde.
          A pera-do-cerrado pode ser consumida in natura, batida com leite, ou mesmo em forma de doces, sorvetes, bolos e geleias.
          Pode ser consumida também em forma de “limonada” como imortalizou Guimarães Rosa em seu livro O Grande Sertão Veredas: “Eu nem tinha começado a conversar com aquela moça, e a poeira forte que deu no ar ajuntou nós dois, num grosso rojo avermelhado. Então eu entrei, tomei um café coado por mão de mulher, tomei refresco, limonada de pera-do-campo.” – A limonada em questão é o suco feito com a pera-do-campo, que é refrescante, saboroso e nutritivo. Basta espremer a fruta, misturar com água e açúcar e pronto. Hoje, não precisa espremer, como na época do Guimarães Rosa. Temos o liquidificador e fica mais fácil. É só é bater a fruta, com a casca, mas sem as sementes, com água e gelo, sem coar e beber.
Pra fazer o doce você precisará de:
. ½ quilo da polpa da pera-do-cerrado
. 250 gramas de açúcar
. Água para cozinhar
Para fazer:
- Lave bem a fruta, corte-a ao meio, retire as sementes e pique em pequenos pedaços, com casca.
- Coloque a fruta numa panela e cubra com água, deixando cozinhar bem.
- Quando estiver bem cozida, desligue, coe com uma peneira para retirar a água e leve em seguida ao fogo baixo.
- Coloque todo o açúcar e mexa até que esteja no ponto de doce, que é quando ao mexer com a colher você consegue ver o fundo da panela “limpo”.
- Desligue, espere esfriar e sirva o doce.

0 comentários:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Conheça o projeto EcoVida

Postagens populares

Seguidores