Tecnologia do Blogger.

quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Sabão de Torresmo. Receita de Tataravó

Minha avó materna fazia sempre sabão de torresmo e usava esse sabão na limpeza das panelas. Mas essa receita é bem antiga, lá da Idade Média. Veio com os portugueses para cá e nossos tataravós aprenderam com as bisavós que aprenderam com nossas tataravós e assim vai.
Antigamente não existia cosméticos e produtos de limpeza como temos hoje à nossa disposição nos supermercados. Tudo era feito em casa e de forma natural. Sabonetes, sabão comum, sabão em pó, detergente, etc. Fazia se condicionador com a gordura de galinha caipira. A babosa era usada pelas mulheres como shampoo, mas naturalmente. Cortavam a babosa e passavam no cabelo. Faziam azeites de mamona, que era muito bom para a pele, enfim, os nossos avós, além de plantarem sua própria comida, fazerem suas próprias roupas, faziam também seus próprios produtos de limpeza e higiene.
Um desses produtos é o sabão de torresmo. Sim, torresmo mesmo, feito da banha do porco. O pessoal gosta do torresmo com mandioca, com uma cachacinha, mas pode fazer sabão também. Um outro ingrediente desse sabão era as cinzas do fogão a lenha. Esse sabão era usado na limpeza dos utensílios domésticos e tinha quem usava no banho, como usamos o sabonete hoje.
O torresmo você pode aproveitar o que sobra, o que está velho e a gordura de porco seria os restos da gordura do churrasco ou frituras. Bem como as cinzas do fogão a lenha e da churrasqueira. Ao invés de jogá-los fora, prejudicando a natureza, reutilize.
Você vai precisar de:
Um fogão a lenha, mesmo que improvisado
1 lata vazia de 20 litros você vai usar uns 18 litros de água
6 quilos de torresmo
2 quilos de gordura de porco
1 litro de decoada

Como fazer o sabão de torresmo
Primeiro você vai preparar a decoada.
Pegue dois baldes, uma maior e outro menor, sendo que esse menor tem que ter um furo para fazer.
Coloque o balde menor dentro do maior e encha o menor de cinzas, carvão até a borda. Despeje uns litros de água quente no balde e deixe pigando. Esse liquido é a decoada. Você vai reservar um litro.
Vamos então preparar o sabão.
Num fogão, de preferência a lenha, se não tiver, improvise no seu quintal com tijolos comuns coloque um tacho, um caldeirão ou uma lata que caiba pelo menos uns 20 litros de água.
Coloque para ferver  2 litros de água.
Separe uns dois baldes de água natural para você ir acrescentando aos poucos porque com a fervura, o sabão sobe e derrama, igual ao leite. Por isso você vai ter que ficar colocando água sempre.
Na água fervendo coloque o torresmo, a gordura e mexa.
Depois de mexer bem, acrescente 4 litros de água natural e continue mexendo.
Depois acrescente 1 litro de decoada e continue a mexer sem parar.
Vá colocando água natural aos poucos e mexendo sempre.
Quando estiver desgrudando da colher estará no ponto. Estará com uma coloração marrom meio avermelhado e aos poucos irá ficar preta, se usar o carvão para fazer a decoada.

Deixe esfriar. Quando estiver fria, pegue uma boa porção com as mãos, faça os moldes do sabão, de forma arredondada, como nossas avós faziam. Faça moldes bem grandes. 
Se tiver uma forma quadrada em casa, coloque a massa e quando endurecer, só retirar e cortar em barras. 
Prontinho o sabão de torresmo. E olha gente, esse sabão é uma beleza. As panelas da casa de minha avó ficavam brilhando, pareciam até espelho. 
(Por Arnaldo Silva) - Exceto a última, as fotografias são de Nilza Leonel em Vargem Bonita MG e quem faz sabão lá é a Dona Lia.

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Conheça o projeto EcoVida

Postagens populares

Seguidores