Tecnologia do Blogger.

segunda-feira, 10 de setembro de 2018

O choro das árvores

Sempre ando pelas matas do nosso Cerrado e presto muito atenção nos detalhes. Algo que sempre me chamou a atenção são as árvores que choram.Sim, gotas de água caem das árvores, em pleno período de seca. Isso me deixava intrigado e resolvi buscar informações sobre o assunto. 
É um fenômeno natural da natureza. Pode ocorrer em plantas de jardim, praças e de matas nativas, onde é mais comum, por existirem muitos insetos. 
O que acontece nesse caso é que alguns insetos alados, como por exemplo cigarras, grilos, libélulas, etc., depositam seus ovos nos galhos das árvores. Para proteger os ovos, esses insetos criam uma espuma branca e dentro dessa espuma, existem ninfas (que segundo a Biologia, é a forma imatura que passam alguns insetos na sua fase inicial de metamorfose para alcançar a fase adulta) que cujo trabalho é sugar a seiva e assim excretando líquido em grande quantidade, que escorre pelos troncos da árvore ou pinga no chão, causando a impressão de choro das árvores. 
Portanto, não se trata então de um fenômeno sobrenatural e sim, um fase normal da cadeia alimentar dos seres vivos. 
Mas que é bonito, isso é.
-----------------------------------------------------
(Texto e primeira foto de Arnaldo Silva, demais imagens de autoria de Nicodemos Rosa)





quarta-feira, 5 de setembro de 2018

Como adoçar o Abacaxi

Um abacaxi docinho é muito gostoso tanto in natural quanto no preparo de sucos, bebidas, tortas, doces, na culinária em geral. Com pouca açúcar é muito ácido.
Existe uma técnica natural para que a acidez do abacaxi seja reduzida para que fique docinho.
A técnica é simples, basta fazer como está na foto abaixo.
Pegue um vidro, de um bom tamanho e coloque o abacaxi para baixo, dentro do vido. Deixe nessa posição por 24 horas.
A doçura do abacaxi vem dos amidos que ficam concentrados no caule da fruta. Por isso que ele começa a se estragar justamente pela parte debaixo, onde se concentra todo o açúcar.
Fazendo assim, fará com que a doçura concentrada no caule desça e se espalhe por toda a fruta.

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Conheça o projeto EcoVida

Postagens populares

Seguidores